Hiperdesportivo Chega aos 356 km

Sharing is caring!

O Hyperion XP-1 antecipa um hiperdesportivo à hidrogênio com  1600 km de autonomia, uma joia do designer,  tecnologia e inovação no uso de materiais.

 

 

 

 

 


Sendo o seus desenvolvimento um trabalho que dura mais de 10 anos, onde teve tecnologias desenvolvidas com apoio de técnicos da NASA,  ele é um protótipo veicular com motor movido a hidrogênio. O carro, em testes chegou  à 356 km/h, e arranque  de 0 a 100 km em apenas 2.2 segundos.

Quanto à tecnologia, o carro conta com um sistema de célula a combustível que alimenta os quatro motores elétricos, um para cada roda.  Desenvolvido em monocoque em carbono e titânio . O design foi feito em estudo aerodinâmico particularmente, usando elementos aerodinâmicos ativos que atuam como painéis solares.

Nem todos os aspectos tecnológicos foram divulgados para preservar os segredos industriais. A previsão que em 2022 serão fabricados 300 unidades para venda. O valor não foi revelado.

Outros  veículos movidos por célula de combustível de hidrogênio, usam baterias de  lítio para armazenamento. O Hyperion XP-1, dispensa por completo as baterias. O resultado é um veículo muito mais leve, com um peso de apenas 1 031 kg.

Os longos arcos curvados nas laterais, mais do que complementar as linhas do  XP-1, servem como painéis solares com capacidade de oferecer ate 1,5 kWh extra de capacidade, além de poderem se articular buscando o melhor ângulo para captar a luz solar.

Por dentro a cabine contará com bancos de fibra de carbono revestidos por couro costurado a mão. O interior do Hyperion XP-1 promete ter  uma tela digital curvada multifunções com 98 polegadas.

Via |Hyperion Inc