Home / Política / Costa diz que só tratava de propina em encontros com Fernando Baiano

Costa diz que só tratava de propina em encontros com Fernando Baiano

prc_cma[1]Em depoimento à Justiça Federal do Paraná, o ex-diretor de Refino a Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso na Operação Lava Jato, afirmou nesta sexta-feira (13) que se encontrava com o lobista Fernando Soares, conhecido como “Fernando Baiano”, somente para discutir pagamentos de propina.

Preso em Curitiba, Baiano é apontado pelo próprio Paulo Roberto Costa como operador do PMDB no esquema de corrupção que atuava na Petrobras. O PMDB nega a acusação.

O G1 procurou o advogado de Fernando Baiano, mas até a última atualização desta reportagem não obteve retorno.

Questionado pelo juiz federal Sérgio Moro sobre se os encontros com Baiano haviam ocorrido somente para tratar de “pagamentos de vantagem indevida” e “propina”, Costa foi taxativo, dizendo que sim. Moro é o responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância.

Veja Também

Confira os 10 sinais de câncer frequentemente ignorados pelas pessoas

Uma pesquisa da organização Cancer Research UK listou dez sintomas de câncer que muitas vezes ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *